quarta-feira, 28 de setembro de 2011

Era uma vez um bolo...

Hoje tive a visita inesperada de...chamemos de "cupcake humano", nome fictício. "Cuppie" para os amigos.
Então, o Cuppie teve cá em casa e, para além de aturar as minhas lamurias e ataques de estupidez, acompanhou-me também na árdua tarefa de tentar fazer um bolo. Ora, eu não sou claramente uma profissional no ramo dos doces mas o espírito que havia cá por casa era o de "Faz-se como está na net e logo se vê!". E foi assim, confiantes na sabedoria online de sites brasileiros com aspecto suspeito que lá embarcamos na cozinha.



...o que fez com que saísse isto. Um pedaço de pedra castanho, com aspecto de mousse mas que na verdade era capaz de abrir a cabeça de alguém quando atirado com pontaria. Porém, em defesa tenho a dizer que teria ficado delicioso se tivesse a quantidade de leite suficiente! Mas pelo menos valeu a tentativa, bem como a lição do dia aprendida: "Deixa os bolos para a mãezinha!".

1 comentário:

Medd disse...

vou-te ensinar a fazer bolos PAHAHAHAH. x)